13 de set de 2012

Ser Mamãe

(Marco Antonio)

Pra você, pequenininho
Tenho algo a confessar
Quando viestes para o meu ninho
De alegria me pus a chorar

Quantas barrigas falsas
Com travesseiro eu fazia
Colocava dentro da calça
Olhava no espelho e sorria

Sonhava tanto com esse momento
Mas demorei a me casar
Só tive esse grande contentamento
Com 31 anos a completar

Sentir teus chutes dentro de mim
Ver teus contornos no ultrasson
Era como um delicioso festim
Tendo como sobremesa bombom

E quando vi sua carinha
Lá na mesa de cirurgia
Achei a mais linda coisinha
Fiquei num estar de euforia

Hoje, com certeza, posso afirmar
Que ser mamãe é algo que não tem preço
Você e seus irmãos vieram pra comprovar
E à Deus, eternamente eu agradeço

14 comentários:

  1. Lindo e emocionante !Ele vai ficar todo feliz e bobo!! Lindo momento e nos toca muito ,realmente,ADOREI!!! Ficou DEZ!! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Muito legal!!!
    Minha mãe também disse que ficou emocionada quando eu nasci!!!
    Mas tenho certeza que ser mãe ou pai não é nada fácil!!!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  3. Eita que o Marco Antonio vai ficar uma alegria só...
    Uma linda declaraçao amorosa e delicada so podia vir de voce mesmo, flor.
    Bjks e uma tarde de luz e amor

    ResponderExcluir
  4. Um momento belo e especial na vida de uma mãe quando vê pela primeira vez o seu bebê, que aliás é fofíssimo...

    Querida, me desculpe tanta ausência, ando sem tempo e cansada.

    Espero e desejo que esteja tudo bem contigo.

    Beijinhos.



    ResponderExcluir
  5. Bela homenagem ao teu filho!
    Com certeza ele ficou emocionado e muito feliz...
    Abraços! Muitas bençãos e felicidades para vocês.

    ResponderExcluir
  6. Oi Majoli,

    Que linda e emocionante homenagem ao seu filho, fiquei com os olhos repletos de lágrimas, pois também tive o privilégio de viver um momento tão mágico e especial como esse. Parabéns por ser essa mãe tão especial para seus filhos, tenho certeza de que o amor deles por você é imenso!!!!!

    Deus continue te abençoando grandemente, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Majoli,como o Marco Antonio era cabeludo!...rss...lindo,fofo demais!Ficou maravilhosa sua homenagem e cheia de amor!bjs,

    ResponderExcluir
  8. Querida Majô, não conhecia este seu cantinho! Quanta ternura encontrei aqui! Adorei! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Que lindo, Majoli! Colocou suas emoções nos versos em uma homenagem belíssima a seu filho. Ele era bem cabeludinho, hem!!!!! Fofura. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Olá Majoli.
    Vê; *Deus está em tudo* * "em todos os lugares; a Natureza é tão perfeita e como duvidar Dele?
    Nos mulheres somos responsáveis por essas criaturinhas que são fruto de nosso ventre; é belo isso, é bendito "é divino!
    Amei a poesia"
    Eu fui mãe muito novinha...Nossa! Me sentia uma rainha... *
    Adoro esse cantinho! é mais a minha cara, sabes.
    Bom sábado e domingo, muita Paz e saúde pra vocês "pra toda a família.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Minha amiga um mundo de amor e ternura contido nas palavras deste lindissimo poema. Seu filhote deve ter ficado muito feliz com este miminho tão Especial escrito pela mãe.
    Ser mãe é esquecermos de nós e dar-mo-nos de alma e coração aos nossos filhotes.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  12. Filhos são bênçãos de Deus. Toda mãe verdadeira, vê-se realizada com o ato da maternidade. Parabéns a você e ao Marco que já é um rapagão.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Ah! você já faz um trabalho legal por aqui. Que bom!!!!!
    Já estou seguindo a minha amiga querida.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir